Blog para a comunidade budista virtual em língua portuguesa.

Archive for Fevereiro, 2010

Conferência no Porto

Matthieu Ricard, o conhecido monge budista francês, estará no Porto para dar uma Conferência Pública no dia 8 de Março, numa organização conjunta da Fundação Kangyur Rinpoche e a C.A.S.A. (Centro de Apoio ao Sem Abrigo). A conferência terá o título “A Necessidade de Altruísmo” e terá lugar na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda.

Data: 8 de Março de 2010 às 1 8h30
Local: Fundação Dr. António Cupertino Miranda, Av. da Boavista, 4245, 4100-140 Porto
Preço: 15 € / estudante: 10 €
O valor angariado reverte a favor da instituição CASA – Centro de Apoio ao Sem Abrigo
Bilhetes à venda no Quintal
Mais informações:
Email:T: 21 390 40 22 – 21 774 25 39 – 934 353 961 – Web: www.krfportugal.orgwww.matthieuricard.org

Sobre Matthieu Ricard

Matthieu Ricard é um monge budista francês, fotógrafo e autor. Vive e trabalha no mosteiro Shechen Tennyi Dargyeling no Nepal, Himalaias, há quarenta anos.

Nascido em França em 1946, filho do conhecido filósofo francês Jean-François Revel, cresceu no seio das ideias e personalidades dos círculos intelectuais franceses. Viajou para a Índia em 1967.

Doutorado em genética molecular no Instituto Pasteur de Paris em 1972, decidiu abandonar a sua carreira científica e concentrar-se na prática do budismo tibetano. Estudou com Kangyur Rinpoche e alguns outros grandes mestres dessa tradição e tornou-se estudante próximo e auxiliar de Dilgo Khyentse Rinpoche, até ao seu falecimento em 1991. Desde então, tem dedicado a sua actividade à realização da visão de Dilgo Khyentse Rinpoche.

As fotografias de Matthieu Ricard de mestres espirituais, das paisagens e das pessoas dos Himalaias têm aparecido em inúmeros livros e revistas. Henri Cartier-Bresson disse do seu trabalho, ”a vida espiritual de Matthieu e a sua câmera são um só, donde brotam estas imagens, fugazes e eternas“.

Ele é o autor e fotógrafo de “Tibet, An Inner Journey” e “Monk Dancers of Tibet” e, em colaboração, os fotolivros “Buddhist Himalayas”, “Journey to Enlightenment” e recentemente “Motionless Journey: From a Hermitage in the Himalayas”. Matthieu Ricard é o tradutor de diversos textos budistas, incluindo “The Life of Shabkar”.

O diálogo com seu pai, Jean-François Revel, em “O Monge e o Filósofo”, foi um best-seller na Europa e foi traduzido para 21 idiomas, e “The Quantum and the Lotus” (em co-autoria com Trinh Xuan Thuan) refletem o seu interesse de longa data pela Ciência e o Budismo.

No seu livro de 2003 “Plaidoyer pour le Bonheur” (publicado em Inglês em 2006, como “Happiness: A Guide to Developing Life’s Most Important Skill”) explora o significado e plenitude da felicidade e foi um grande best-seller em França.

Matthieu Ricard foi apelidado de “a pessoa mais feliz do mundo” pelos media depois de ser voluntário para um estudo realizado na Universidade de Wisconsin-Madison sobre a felicidade, posicionando-se significativamente acima da média obtida após os testes de centenas de outros voluntários.

Membro do conselho do “Mind and Life Institute”, que é dedicado a encontros e pesquisa em colaboração entre cientistas e estudiosos budistas e praticantes de meditação, as suas contribuições foram publicadas em “Destructive Emotions” (editado por Daniel Goleman) e noutros livros de ensaios. Matthieu Ricard está também profundamente envolvido na investigação sobre o efeito do treino da mente sobre o cérebro, nas Universidades de Wisconsin-Madison, Princeton e Berkeley.

Matthieu Ricard foi condecorado com título de Cavaleiro da “Ordre National du Mérite” pelo presidente francês François Mitterrand pelos seus projetos humanitários e pelos seus esforços para preservar o património cultural dos Himalaias.

Ns últimos anos tem dedicado os seus esforços e doa todos os proventos do seu trabalho em favor the trinta projetos humanitários na Ásia, que incluem a manutenção e construção de clínicas, escolas e orfanatos na região: www.karuna-shechen.org

Desde 1989, actua como intérprete de Francês para S. S. o Dalai Lama.

(N.T.: Karuna significa “compaixão” em sânscrito)

Fonte: Wikipedia

Retiro de Meditação e Silêncio

Orientado por Ajahn Khemasiri
Fim-de-semana
De 21 a 23 de Maio 2010
Colégio do Sardão – Gaia

Inserido no projecto do “Mosteiro Budista Theravada” em Portugal, Ajahn Khemasiri, monge sénior, vem pela primeira vez ao nosso País, para orientar um retiro de Meditação. Nasceu na Alemanha em 1950. Iniciou a sua prática monástica em Chithurst, em 1984, inspirado pelo exemplo e ensinamento de Ajahn Sumedho do qual recebeu a ordenação. Foi dos primeiros monges da linha do Budismo Theravada da Tradição da Floresta da Tailândia de Ajahn Chah, em Inglaterra. Residiu alguns anos no Mosteiro Amaravati em Inglaterra, sendo, actualmente, o Abade do Mosteiro Dhammapala na Suíça.

INFORMAÇÕES:
1. Envie-nos, por favor, um e-mail o mais breve possível a reservar a sua presença. Após esta confirmação, realize o pagamento (50% mínimo) no prazo máximo de 6 dias da forma que melhor lhe convier (transferência ou cheque). No caso de transferência, envie-nos um comprovativo desse depósito. Agradecemos que complete o pagamento até dia 30 de Abril 2010.
2. Alimentação vegetariana: pequeno-almoço e almoço (Sexta-feira, refeição ligeira ao jantar).
3. Após confirmação enviaremos o Programa de Retiro.
4. Preço por pessoa (incluindo as refeições):
Preço total: 120 Euros – quarto individual
100 Euros – quarto duplo (1 apenas)
5. Entrada dia 21 a partir das 17h ********* Saída dia 23 a partir das 17h
6.Agradecemos que, se possível, tragam tapetes individuais e almofadas.
Roupas confortáveis e discretas.
Maria Ferreira da Silva

CONTACTOS:
anapaula.reis7@gmail.com – Ana Paula Reis – Telf.: 96 0073456
NIB: 0007 0013 0037 394 0000.60– BES
Nº Conta: 01337394000.0
Colégio do Sardão. R: do Colégio do Sardão, nº 365 – Oliveira do Douro, 4430-361- Vila Nova de Gaia.

Meditação no Budismo Tibetano

Na próxima quarta-feira, no Porto, haverá um Workshop de meditação orientado por Tsering Paldron. O programa é:

3 de Fevereiro – Meditação Shamata – O que é a meditação? A calma mental; concentração na respiração, no som, num objecto, nas sensações. Meditação Vipassana: reconhecer a natureza do espírito.

17 de Fevereiro – O treino mental I – desenvolver o amor e a compaixão

3 de Março – O treino mental II – desenvolver a alegria e a imparcialidade. Tonglen ( a troca)

17 de Março – Meditação Vajrayana – visualização de sílabas e divindades, recitação de mantras. Como fazer um altar em casa.

Custo: 50€ (15€ por sessão individual)

Local: Espaço Open – Rua Prof. Mota Pinto, 42F, sala 106 – 4100-353 Porto

Para se inscrever, envie um email com nome e número de contacto. Se não puder participar devido ao custo, queira contactar-nos para encontrarmos uma solução.

Os nossos melhores cumprimentos
A equipa do e-dharma

Nuvem de etiquetas